Pelo que me lamento?

Ao ler o livro de Lamentações de Jeremias fui levada a refletir sobre essa pergunta: “Sobre o que me lamento?”. Ao longo do livro, o profeta Jeremias descreve em cinco profundos poemas suas lamentações a respeito do pecado do povo e a consequente destruição de Jerusalém pelos babilônios. Durante a leitura, os versos 37 até o 39 do capítulo 3 saltaram aos meus olhos:

Acaso não procede do Altíssimo tanto o mal como o bem? Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados.

“Pelo o que devo me lamentar?” Pelos meus pecados! Não há outra razão legítima pela qual devo me lamentar. Confesso que me envergonhei ao ler isso, pois rapidamente lembrei de tantas situações pelas quais lamentei, não pelos meus pecados, mas por momentos difíceis que passei. Aliás, como nosso coração corrompido pelo pecado nos leva a lamentar! Pense em sua semana, quantas vezes você se lamentou por algo….

Lamentar por momentos difíceis, ou simplesmente por situações cotidianas, mostra minha falta de contentamento em Deus. Além disso, mostra que “eu não aceito, ou não mereço passar por isso ou aquilo”. Sejamos honestas. No fundo, quando lamento pelas circunstâncias dessa vida, me julgo suficientemente “boa” e que portanto não mereço sofrer. Eis aí o nosso maior problema: o EGO! Paul Washer, em seu livro O Verdadeiro Evangelho, nos lembra da nossa real condição:

Nós não temos consciência do quanto temos pecado, do mesmo modo como um peixe não sabe o quanto está molhado. Nós nascemos num mundo caído em pecado e a única coisa que nós conhecemos é o pecado.

Essa falta de consciência sobre o pecado faz com que achemos normal lamentarmos quando somos afligidas. Esquecemos que o pecado é tão terrível, pois ele é cometido contra aquele que está assentado no mais alto e sublime trono. Meu pastor sempre diz: Nós merecíamos passar por aflições todos os dias, pois todos os dias nos rebelamos contra o Senhor. Então se você está passando por momentos agradáveis, lembre-se de que é a misericórdia de Deus que está atuando sobre você. Nós não merecemos nada!”.

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim.
Lamentações 3.22

É claro que somos humanas e sofremos com os momentos de perda, luto e dor, mas não devemos permanecer no sofrimento. Se há algo que devemos nos lamentar é pelo nosso PECADO! Irmãs, somos rapidamente levadas a lamentar por coisas tão banais… Que possamos ser moldadas, como Jeremias que encerra o capítulo dessa forma:

Esquadrinhemos os nossos caminhos, provemo-los e voltemos para o Senhor. Levantemos o coração, juntamente com as mãos, para Deus, nos céus dizendo: Nós prevaricamos e fomos rebeldes, e tu não nos perdoaste.
Lamentações 3.40-42

Lamentemo-nos pelos nossos pecados!

 

Um comentário sobre “Pelo que me lamento?

  1. Minha querida nora confesso que ao ler este artigo fiquei com lágrimas nos olhos. Vi o quanto sou pecadora,as vezes me pego reclamado de pequenas coisas. Quando na verdade deveria agradecer. Que Deus continue te abençoando, que você continue sendo esta serva fiel,esposa dedicada, profissional exemplar. Minha nora querida.

    Curtir

E você, o que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s