Destrone o romance do seu coração

Você já imaginou um mundo sem romance? Sem músicas, filmes e livros românticos? Como seria? Você conseguiria viver sem isso? E se todas as suas ilusões amorosas fossem a consequência de um ídolo que se entronizou no seu coração?

O coração como um palácio real

Nas Escrituras, o coração humano é comparado à rocha. Ela não vive, respira ou pulsa, mas é usada para grandes edificações. Assim também o coração pode ser facilmente compreendido como uma torre forte. Como muros resistentes existem para proteger um rei, o coração possui a tendência de ser uma fortaleza segura a qualquer ídolo tirano coroado pelo pecado e pela morte.

O rei romance

O romance é um rei ao qual muitas almas femininas se prostram. Um rei que, além de reger emoções com leis exigentes e absurdas, executa seu autoritarismo de maneira egoísta, sem considerar as consequências. Esse rei chamado romance geralmente governa almas em incredulidade ao buscar seus próprios benefícios. Ele não acredita na absoluta soberania de Deus e num futuro guardado pelas mãos do Verdadeiro Rei. É competitivo e corrupto. Abusa de corações devastados e os saqueia com enganos. O rei se assenta em seu trono, soberano. Rege um império, dá ordens aos seus servos. Quem está assentado no trono do seu coração?

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?
Jeremias‬ ‭17.9‬ ‭

Às mulheres foi dado o anseio profundo de amor conjugal. A alma feminina é sedenta de afeição e da ternura masculina. Fomos designadas e criadas de maneira extraordinária neste aspecto, com o propósito final de demonstrarmos a beleza de Cristo através desse desejo. Entretanto, por causa da Queda, o nosso coração pecaminoso fabricou muitos senhores. Dentre estes senhores, está o romance: ele se apresenta majestoso e poderoso, com a promessa de dar-nos gozo infalível e suprir todas as nossas necessidades. Mas será que esse rei consegue cumprir todas as suas promessas?

A realidade não é romântica

Muitas moças acreditam nas palavras do Rei Romance e, por isso, projetam as suas vidas com a finalidade única de receberem as regalias e recompensas de seus serviços. O resultado? Corações despedaçados como muros caídos, como pedregulhos dispersos no chão. Tony Reinke escreveu um artigo (em inglês) com o título “O amor romântico é um dom maravilhoso – e um deus terrível”. Ele conclui que o romance nunca é a causa de um bom casamento, e sim o resultado de um bom casamento. Não inverta a ordem, não precipite as coisas como os que não conhecem a Deus o fazem. Se acreditarmos que o romance tem o potencial em si mesmo de solidificar um futuro terreno bem sucedido, ficaremos desapontadas, porque o matrimônio é a união de duas pessoas defeituosas em um mundo depravado.

Na maioria das vezes, você só consegue perceber a maldade desse rei trapaceiro quando a expectativa que você tanto gerou encara a realidade da vida. E você sofre. E mesmo que tenha sido algo planejado somente em sua cabeça, a dor que você sente é genuína. Você gasta muita energia com isso. Se torna algo cansativo, e você não consegue ter amizades saudáveis com homens. Irmã, se você tem acreditado nas mentiras do Rei Romance, nós queremos levantar alguns pontos que te animem a lutar contra esse ídolo pecaminoso:

O Rei dos reis regendo sua vida

Se você sofre e não sabe como conseguir destronar esse rei que imperou em seu coração e fez dele sua propriedade, lembre-se de que há somente um Rei, o Senhor dos senhores. Somente ele pode ajuntar os pedaços restantes e estabelecer um reino de justiça ao te conceder um novo coração: de carne, vivo, que respira e que pulsa. Somente Cristo possui promessas dignas de confiança.

Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e, em troca, darei um coração de carne.
Ezequiel 36.26

Ele mesmo edificará os muros do seu coração e o santificará. Ele habitará e se assentará no trono com um governo de honra e glória. Ele regerá a sua alma: suas emoções, sentimentos, pensamentos e anseios mais profundos. Seu gozo infalível estará na esperança de uma eternidade em Sua presença. Deixe tudo em Suas mãos soberanas.

O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.
Filipenses 4.19

Contentamento como ornamento supremo

E se a vontade de Deus para agora é que você fique solteira? Tempos e períodos são um grande privilégio. Querer casar é algo natural e é um desejo que o próprio Deus coloca em nossos corações, mas busque se alegrar também na possibilidade de você servir ao Senhor em sua solteirice e cumprir a Sua vontade com contentamento, gratidão e alegria.

Deixe a amargura

Se você passou por um ou vários amores platônicos e confundiu a amizade sincera de um irmão em Cristo com um possível namoro, não crie remorsos. Obviamente existem casos onde rapazes imaturos flertam e nutrem expectativas de garotas sem medir as consequências para alimentando os seus egos. Mas homens piedosos saberão tratar as moças com toda a pureza, como está escrito em 1 Timóteo 5.2.

Perdoe e esqueça o passado

Busque ser como um jardim secreto; cultive as flores da paciência, mansidão, firmeza e doçura. Se reserve. Não se doe tanto emocionalmente. Nós nos preocupamos tanto em guardar os nossos corpos e zelamos pouco em guardar nossas emoções. Há uma intimidade que somente o cônjuge terá o prazer de desfrutar. Guarde isso. Não permita que qualquer amigo tenha acesso a esse jardim, mas somente aquele amigo que será mais chegado do que um irmão. Se for da vontade de Deus que você se case, esse amigo te encontrará, no momento que o Senhor quiser, e todas as coisas irão fluir naturalmente. Vá para o seu jardim com ao teu Rei e o adore.

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.
Filipenses 4.6-7

Lembre-se de que se você está justificada em Cristo perante Deus o seu coração não está mais sobre o domínio das trevas. Revista-se do Senhor Jesus, conheça e busque-o com toda sua alma, força e entendimento. Não se distraia com expectativas superficiais e românticas de um futuro casamento, mas simplesmente entregue-as nas mãos daquele que sobre tudo reina. Seja vigilante e cuide-se dos ídolos. Adorne-se com a alegria da salvação. Confesse o pecado da idolatria ao Senhor e diga que somente Ele é digno de se assentar, soberano, no trono do seu coração.

Adore-o para sempre!

Texto escrito em conjunto pelas colaboradoras Ana Júlia Castro e Sara Amorim.

 

 

3 comentários sobre “Destrone o romance do seu coração

E você, o que acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s